domingo, 2 de agosto de 2009

Lute pela honra, lute por sua vida..


Reze para Deus que o nosso lado esteja certo. ♪
Já a alguns dias, eu venho pensado no que eu quero ser, ou no que eu posso me tornar, ou até no que eu sou, e isso realmente me deixa muitas dúvidas, todos tem sonhos de infância, praticamente impossíveis, ou apenas sonhos inalcançáveis, alguns correm atrás do que querem, outros se deixam levar por influencias ou desejos de terceiros; mas o que mais me perturba é que a "honra" atualmente, se tem pelo reconhecimento, pela fama, se considera glorioso quem acha que tem forçar pra acabar com seus adversários, ou glorioso porque tem seu nome escrito em todos os lugares, acho que hoje em dia o mundo tá tomado por isso, o egocentrismo tá tomando conta do mundo, e até agora, ninguém percebeu ._.
Na minha opinião, os sonhos são o que motivam a vida, sonhos e ambições, mas de que adianta sonhar, e rezar pra que se concretize se não correr atrás? seila, é meio nerd isso, ou meio certinho, mas isso fica na minha mente, as vezes por horas, ou dias, o que eu posso ser, ou melhorar, ou até piorar? Eu costumo dizer que não se teme o que vem em frente, o que ainda está por vir, porque na hora certa saberemos o que fazer, que o presente, o agora vai decidir o que diremos ou faremos mais tarde, mas isso anda se contradizendo em minha mente, talvez seja mais uma paranóia minha, ou alguma obsessão momentânea sobre alguma coisa, sobre eu mesma, não sei, mas isso me atormenta, talvez por ver por todo lugar que eu olho, o que um dia já foi um "futuro", mas presentemente fracassado.
Acho que o que mais atrapalha as conquistas, é o medo, medo do fracasso, da derrota, ou medo do adversário, como surge a verdadeira glória, se o soldado não luta até cair pela sua vida? Não sei se é loucura minha, mas isso vem me causando visões do futuro, ou até expectativas estranhas, inúteis, talvez isso fique na minha mente pelo fato de eu ser extremamente criticada por tudo que eu faço, ou talvez eu esteja mesmo começando a ficar louca ._.

Eu sei que o título e a musica dão idéia de guerra, mas, eu acho que reflete um pouco no que eu to querendo mostrar, a vida é uma guerra, alguns lutam o necessário pra salvar seu batalhão, alguns lutam o necessário pra salvar apenas a si mesmo, como também, adaptando a guerra para o nosso dia-a-dia, alguns lutam apenas para manter viva sua ambição, ou seu sonho, alguns lutam pelos outros, alguns são machucados, esperam a ajuda para levantar e seguir em busca do desejado, e alguns lutam para que o que o motiva se concretize.
Talvez minha perturbação seja descobrir que tipo de soldado eu sou, e ainda posso ser.

(música: MIA - Avenged Sevenfold)

4 comentários:

William Malakian disse...

Talvez esteja ficando louca, mas a loucura é a evolução. Os loucos fazem as melhores obras. Não perturbe-se com pré-definições, adapte-se à situação e deixe-a definir qual tipo tu és.

Muito bom o texto, congratulations. :D

Marii' disse...

Oiie colega!!!

mto bom o oteu texto, te entendo perfeitamente... e sim, os medos são os maiores obstaculos numa guerra!!!

bejos marii

Nathy disse...

aha nathi que lindo o teu texto eu tb penso assim mas nunca pensei em expresar isso pra outras pessoas.
acho que mtas pessoas estão precisando ler isso para mudar suas atitudes.
E tu não esta louca não acho que todos deveriam pensar dessa forma.
amei mto o texto *------*

bý : nathy librelotto

marianaconrad disse...

muito legais os textos *-* te adoro <3